Resenha Crítica – “Numb” (2007)

Difícil traduzir os 93 minutos que o “Numb”, dirigido por Harris Goldberg, proporciona a um espectador. O filme, de 2007, tem nuances de drama, comédia e romance. Todos os elementos se misturam facilmente, encaixados em exata dose e lugar.

numb_cover

O enredo é sobre um roteirista, Hudson, que desenvolve um distúrbio de despersonalização, o que o faz perder o senso de realidade e sonho. Quando o personagem encontra o amor da sua vida, é hora de colocar os pés no chão e fazer de tudo para que ela não o abandone por seus defeitos, pulando de terapias e lidando com personagens estranhos no caminho. Neste trajeto, ele enfrenta fantasmas do passado, num relacionamento conturbado com a mãe, contrastando com o carinho infinito pelo pai, que Hudson teme que morra.

Interessante, não? Fica melhor quando o incrível ator Matthew Perry assume as rédeas da atuação sob o personagem Hudson. Perry, muito conhecido pelo papel do sarcástico Chandler, em “Friends”, tira de letra o papel e o desenvolve continuamente durante o filme, dando uma sensação de que sempre podemos esperar algo novo do personagem principal – uma característica muito boa que o ator sempre aplica em seus trabalhos.

numb_10

Citar o gênero “romance” neste filme requer certo cuidado, uma vez que este seja banalizado, por soar sempre previsível. Bom, “Numb” veio pra mostrar que é uma exceção, assim como poucos filmes por aí. O longa pode ser comparado à “Brilho Eterno de uma Mente Sem Lembranças”. Não pelo enredo, mas sim pela química excepcional entre os personagens que parecem sempre, ao decorrer do filme, se libertar, se surpreender – e, conseqüentemente, fazendo o mesmo com quem assiste ao filme.

numb

A ferramenta encontrada para dar credibilidade ao amor surge tão sutilmente que você se apaixona pela maneira como ele é oferecido; fazendo o espectador flutuar sob efeito de frases, diálogos e atitudes inesperadas, acompanhadas de uma trilha sonora alternativa e implacável. “Numb” vai além das expectativas geradas pelo trailer, propondo uma “viagem” entre o que é real e o que é sonho sobre o amor, as pessoas e a vida.

TRAILER:

9 respostas em “Resenha Crítica – “Numb” (2007)

  1. a história muito me interessou, apesar de me interessar mais por filmes musicais e suspenses, faz uma resenha do hairspray tio ? *-* hahahahaha
    beijitos

  2. Pingback: Matthew Perry, de Friends a distúrbio psiquiátrico | MADE2PLAY

  3. Justamente, sofro com essa Despersonalização
    E sei o quão ruim é isso, hoje sei me controlar mais..
    Só que infelizmente isso atrapalha muito minha vida
    Só quem passou, ou passa por isso, sabe o que é sofrer com isso :\

  4. Para quem acha que Matthew Perry é só o cara do Friends, vai se surpreender qdo assitir este filme. Ótima atuação, provou que consegue se distanciar do Chandler e fazer drama, qdo muitos críticos dizem que não. Filme muito bom também, com doses perfeitas de drama e humor. Apenas deixa a desejar um pouco na explicação do transtorno do protagonista… Fica aquela sensação de “não entendi direito”. Mas isso não diminui seu valor. O melhor filme deste ator, recomendo.

  5. Assisti o filme e me surpreendeu. Ele trata da temática de uma forma inteligente, não apela pro drama exagerado e o humor é bem dosado. Não é um filme empolgante (e acho que nem era pra ser) e o romance também não é excessivo, não tomando para si o foco do filme. A atuação do Matthew Perry também não decepcionou, considerando que há uma certa dificuldade de desvincular o elenco de Friends de seus personagens na série, mas nesse filme ele consegue isso.
    Quem gosta do estilo “Uma Mente Brilhante” ou “Brilho Eterno de uma Mente Sem Lembranças” vale a pena assistir (mas não vá fazer comparações entre eles, não tem coisa mais irritante que comparações).

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s